› Home  › Notícias  › Notícia

Projeto do Buritis completa mais um ano

                 Neste mês de dezembro, o projeto "Bom de Bola Bom na Vida" celebra sete anos de fundação. Lançado no Buritis com o intuito de oferecer a crianças a possibilidade de participarem de uma escolinha de futebol, ele cresceu e acabou deixando de ser um momento de lazer para se tornar um grande programa social. Hoje, além do esporte, atua em diversas áreas da educação e no social, e não é apenas do Buritis, se espalhou por mais seis bairros da Regional Oeste: Estrela D'alva, Betânia, Salgado Filho, Salgado Filho II, Barreiro e Nova Suissa.

            Idealizador do Bom de Bola Bom na Vida, Carlos Vasconcelos, o Karlinhos, fala com muito orgulho sobre cada conquista. Quando iniciou não imaginava o tamanho que chegaria. Mas, tudo foi acontecendo e ele se animava a cada nova oportunidade. 2017 foi mais um ano marcante na história do projeto, sendo escolhido o segundo de Minas Gerais no 12º Prêmio Itaú-Unicef entre os quase dois mil inscritos em todo o país. Esta colocação  proporcionou o recebimento de R$10 mil para o Bom de Bola Bom na Vida e mais R$10 mil para a Escola Estadual Mendes Correa, do bairro Salgado Filho, o qual o projeto é parceiro. "Este prêmio é do trabalho sério e importante que estamos fazendo e algo que nos motiva ainda mais a continuar", ressalta.

            Com o dinheiro, o projeto revitalizou a grade que cerca a quadra do Parque Aggeo Pio Sobrinho, onde são realizadas as atividades esportivas no Buritis, e também irá arcar com algumas despesas de pessoal.

Integração

            A presença de meninos pedindo dinheiro nos semáforos que ficam próximos ao Mac Donald's, já há algum tempo gera desconforto a muitos moradores do Buritis. Contudo, apesar da insatisfação, nenhuma pessoa ou instituição havia feito algo para mudar este cenário. "Havia", porque o Bom de Bola Bom na Vida começou a fazer. Com uma política de integração, os meninos estão sendo convidados a participar do projeto e, ao invés de estarem no sinal, agora estão praticando esportes. "Não existe milagre, simplesmente estamos abraçando eles. São crianças, precisam apenas ser tratados como crianças. E aqui cobramos postura, respeito, boletim escolar, cartão de vacina, saber quem são seus pais. Eles precisam disso, é assim que acredito que poderemos dar um futuro para esta molecada", diz Karlinhos, que revela ainda que já dá para sentir a mudança e, inclusive, foi elogiado pela Polícia Militar. "Um militar me agradeceu, me disse o quanto queria solucionar aquele problema, mas não sabia como, e agora vê as coisas acontecerem".

            Além do trabalho com as crianças, o projeto ainda realizou outras campanhas sociais neste fim de ano, como o recolhimento de brinquedos para serem doados a crianças carentes do Vale do Jequitinhonha e uma ação realizada no último dia 19 de novembro, instituído pelo Papa Francisco, como Dia Mundial dos Pobres, quando levaram assistência a moradores de rua que perambulam próximos ao Parque Municipal de BH.

 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880